amor · cotidiano

Pensamento de final de dia

gert
Gert Jan Slotboom

Esqueci de te agradar. O dia passou e nem senti falta de te surpreender. Não senti falta de ver tua felicidade. Não vi sentido em gastar um pouco da minha energia para te satisfazer. Mas isso me deixou meio inquieto. Será o princípio do fim? Será que já não gosto de ti? Será o cansaço do relacionamento ao invés do cansaço da minha vida tão impregnada de uma rotina que não te inclui? Não sei resposta para nada dessas inquietudes. Mas sei que também não tive medo de responder sim para elas. Não me senti mal no final do dia. Apenas deixei o dia passar. E já absorto nesse sono fadigado de um dia qualquer, imagino o que serei sem ti. E já faço planos… Ah, quantos planos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s