amor · vida

Doadora de amor

frida
Duas Fridas – Frida Kahlo

Ela era amor em essência. E tinha a felicidade de saber que morava em muitos corações. Esse conforto de se ter um coração onde morar era o que mais a movia. Proporcionar o bem, para o maior número de pessoas, conhecidas ou não, a fazia crer que era cada vez mais forte contra os males do mundo. E conseguia sentir essa força toda vez que terminava sua doação de amor… Ou melhor, de sangue. A cada doação, sabia que parte de sua essência faria morada no coração de alguém. Uma morada sincera e cheia de gratidão, pois esse coração continuaria a pulsar, graças ao seu simples gesto de amor. E assim, ela ia distribuindo amor sempre que possível. Ia se tornando mais forte. Ia vivendo em diversos corações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s