guerra · história · realidade · Sem categoria · sociedade

A espera de união

uniao
Life in the city – Charles Nkomo

Naquela data festiva, a ordem era se agregar às pessoas queridas e comemorar o nascimento de um ser iluminado que veio diante da humanidade pregar o sentimento que representa pura união. Naquela data, porém, havia tantas pessoas que não podiam estar unidas, por circunstâncias da vida, por escolhas próprias ou situações não queridas. Muitos amores separados, sem querer. Muitas famílias espalhadas pelo mundo, pro bem ou pro mal. Muitas fronteiras geográficas a dividir amigos. E mesmo algumas fronteiras geopolíticas a impedir que famílias unidas pudessem comemorar, apenas a suplicar. Naquela data, às vezes o que mais se espera é o que menos se pode ter. União, amor, um abraço tranquilo, um prato cheio. Porém o mais incrível dessa data é que, mesmo não sendo tão festiva assim, faz algumas dessas muitas pessoas sentirem uma ponta de esperança. Esse sentimento que aquece e faz companhia. Que move essas pessoas para os próximos dias com a crença de que poderão comemorar as próximas datas festivas com verdadeira união.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s