Sem categoria

Memória de elefante

pintura
Sem título – Rodrigo Gomes Maciel

Era difícil. E a dificuldade não era esquecida. Constantemente, recordava cada uma das dificuldades cotidianas que vivia. Não sabia se iria dormir aquela noite sem sangrar. Não sabia se iria conseguir fechar os olhos sem se incomodar com os flashes ainda reluzindo e cegando o pouco da sua visão. Não sabia se iria se alimentar mais ou menos do que ontem. Era difícil viver assim. Recordar de cada mínimo detalhe do seu cotidiano escravo. Lembrar de cada uma das feições dos malfeitores que o criava. Saber que estava longe do fim, pois seu corpo foi feito para suportar grandes desafios e sobreviver por muito tempo. E sobreviveria, dia após dia. Com a dificuldade de ser elefante em um circo de humanos risonhos. Com a memória de elefante gravando cada um daqueles humanos medonhos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s