amor · atenção · paixão · vida

Fórmula vital

Camila – Anna e Elena Balbusso
Ela era como uma flor, necessitava ser regada. E a água que a melhor hidratava era a atenção dele. Sim, ela precisava da atenção diária dele para parecer viva. Caso ele não desse atenção, ela murchava. Perdia a cor. Parecia morta. E isso ocorria por mais que ela soubesse que ele a amava, por mais que houvesse amor como nutrientes no solo em que a flor estava fixada… É que não basta somente os nutrientes do solo para manter uma flor vivaz. É preciso água – esse precioso meio que distribui os nutrientes. Assim, para aquela flor específica, não era o amor por si só que a sustentava. Era o amor atencioso. Eis a fórmula vital daquela flor-mulher.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s