amor · paixão · sociedade

Infeliz paixão

Hombre – Alberto Pancorbo

Tão apaixonado que ele era por aquela mulher! Tão encantado pelas ações dela, pelo comportamento dela, pela beleza dela… Enlouquecido de paixão, mas sem chances de se expressar plenamente. Seu mal era viver em uma sociedade onde homens não podem se apaixonar perdidamente pelas mulheres. Os homens não devem se expor tão submissos à paixão por uma mulher. Pois os homens são seres superiores e o amor é armadilha para os fracos. Declarar-se louco de amor por uma mulher era declarar sua própria fraqueza. Eis o martírio daquele homem tão apaixonado. Eis a infelicidade das mulheres daquela sociedade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s