família

Aposta

 

Paul Cezánne
 
– E ela veio toda prosa pedir para eu parar com meus vícios, para eu saber gastar meu dinheiro com a família…
– Meu amigo, família ingrata essa a sua que só pensa no seu dinheiro. O que? Eles não querem que você seja feliz jogando um baralhozinho?
– Pois é, são uns ingratos mesmo… Penso que não querem minha felicidade. Não percebem o quanto sou feliz jogando baralho com você, meu amig…
– GANHEI! Mas uma vez, ganhei! Passe os duzentos cruzeiros para mim! Não se demore, vá!
Entristecido, o perdedor entregou o dinheiro da aposta. Amigos, amigos; apostas à parte.  E as famílias dos apostadores? Mais à parte ainda!
Anúncios

Um comentário em “Aposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s