amor

Desenhado amor

Lucy in L.A. – Fabian Perez
Aquilo sim era amor genuíno. Não precisa de consentimento. Para onde quer que fosse, ele a carregava consigo. Em pensamento, em foto ou, por vezes apenas para confirmar suas lembranças, rabiscava o rosto delicado da sua amada no guardanapo do bar em que estivesse mais uma vez se privando de viver. Afinal de contas, porque viver se ela estava com outro? Preferia embebedar-se a manter a lucidez de um homem rejeitado. E, além do mais, era embriagado que conseguia fazer seus melhores desenhos e isso já era o suficiente para satisfazê-lo.
Anúncios

Um comentário em “Desenhado amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s