dança

Dança assaltante

La colombina – Fabian Perez
Uma simetria equilibrada requebrava na sua frente. Imensa vontade de delinear as curvas daquela dança contornava os seus pensamentos ressaltados. Lapsos mentais o atingiam como um assaltante discreto que rouba carteira, roupa, atenção, dignidade e vida – tudo de uma só vez. Quando se vê, já está praticamente perdido na tortura que era assistir àquela dançarina anônima. Sem nome, mas com todos os atributos que o faziam esquecer a própria identidade. E para que identidade mesmo? Embriagava-se com um copo de suco de limão puro, no qual o açúcar da bebida era aquele espetáculo.
Porém, espetáculo a parte, de fato aquilo era mais um assalto. Encantado e desatento, o homem gastava todo o seu dinheiro, além de estar sendo filmado e assistido pela esposa que, desconfiada, contratou um detetive e aquela dançarina – tudo para confirmar a fidelidade do seu marido. Ou melhor, futuro ex-marido, que dignidade e, quem sabe, até a vida seriam em breve roubadas por ela mesma.
Anúncios

2 comentários em “Dança assaltante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s