maternidade · vida

Luz

 

Rosa – desconhecido
 
Sozinha em casa, ela começou a sentir as dores. O peito arqueou num acesso de falta de ar. Os olhos lacrimejaram e não mais queriam piscar. Pediu aos santos que a mantivessem viva até, pelo menos, por no mundo aquele ser. E foi somente depois de quase uma hora de ávido esforço, que sentenciou com um grito o nascimento de sua criança.
Nesse instante, seu marido subia as escadas da casa e adentrava no quarto, quando viu uma forte luz sair do ventre da sua esposa. Luz que durou poucos segundos, mas que deu a ele a certeza de que era um anjo que nascia. Sua esposa acabava de dar a luz.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s