morte

Explicação

Despair – Mats Eriksson
Ele nunca gostou de dar explicações e também nunca se interessou por elas. Não cobrava e não queria ser cobrado. Por isso, nunca se deu bem com a escola, com todas as disciplinas explicativas. Por isso, não se interessou pelo ensino superior. Por isso, nunca conseguiu um emprego – não necessariamente porque não tinha estudos, mas porque nas entrevistas ele se recusava a dar explicações sobre sua procura. Ainda por isso, nunca teve longas companhias – as conversas pessoais são sempre explicativas. Ah, por tudo isso, ele pouco viveu. Sem explicação nenhuma, um dia matou-se e deixou para trás todas as explicações.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s