amor

Unidos

O abraço – Projeto Miza Pintor
Voltou a por lenha na fogueira. Queria o ambiente quente, só para sentir na pele o suor dela. A testa transpirava quando ela entrou na saleta e suspirou. Não iriam abrir a boca para deixar escapar palavras… São nesses momentos que palavras não se encaixam, apenas gestos. E ele sabia muito bem que cada movimento do seu corpo seria facilmente entendido pelo corpo dela. Pois eles eram um só, desde o começo. Ele podia sentir a frequência da respiração dela até mesmo de longe. Sabia bem a dor da saudade dela, porque era a mesma dor que sentia no peito. Eram únicos, completos num corpo só. E agora próximos, depois de tempos longe, provariam que nada mudou. E todo o resto – narrativa e quaisquer pensamentos do momento na sua mente – cessou, em um simples impulso de abraço. Encontrou o suor dela na própria pele, sentiu seu corpo se completar.
Anúncios

Um comentário em “Unidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s