amor · tristeza

Volta perdida

Above and Below III – Mary Jane Ansell

Acordou ansiosa e, com seu olhar minucioso, descobriu o que temia: ele não estava mais ali. Fechou os olhos e deixou-se rolar por aqueles lençóis de seda vermelha. A angústia tomava conta do seu peito. As lágrimas, sem nenhuma educação, romperam as frestas de seus olhos e banharam seu rosto macio. Sentiu a saudade invadir sua mente. E sentiu que não demoraria muito até surgir a torrente de perguntas sem respostas: ‘por que’, ‘o que eu fiz’, ‘eu mereço’? Deixou o corpo se curvar, como se estivesse numa guerra sem esperanças e com aquilo buscasse proteção. Os lábios secos abriram-se num gemido tristonho.

A perda é lastimável para qualquer ser humano. Mas pior do que isso é perder depois de pensar que ganhou… Depois de uma noite de amor, depois de sentir que poderia ter volta, depois de pensar que tudo havia se consertado… Perdeu pela segunda vez. Seu homem a deixou de novo, depois de tê-la nos braços a noite inteira. Idas e vindas… Porém, dessa vez não haveria volta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s